Compadre Washington Compadre Washington foi assaltado em São Paulo (Imagem: Reprodução / G1)

Compadre Washington, do grupo É o Tchan, recebeu alta médica do Hospital das Clínicas, em São Paulo, de acordo com informações obtidas pelo jornal Extra junto à assessoria de imprensa do centro médico.

Ele estava internado desde a madrugada da última segunda-feira (20), quando sofreu um assalto logo após o show do É o Tchan na Virada Cultural, em São Paulo. Na ação, o cantor caiu e feriu a cabeça, sendo levado para o hospital.

O assalto aconteceu na Rua da Consolação, segundo a sua assessoria: “O músico teve o seu aparelho de telefone roubado e sofreu uma queda que ocasionou um ferimento na cabeça, sendo prontamente encaminhado para uma unidade de saúde”.

De acordo com informações do G1, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) relatou que um dos assaltantes “deu uma rasteira na vítima”, que acabou caindo.

“Com o tumulto, os autores fugiram”, informou a secretaria. O caso foi registrado no 78º distrito Policial. Vale lembrar que o Compadre Washington participou da Virada Cultural com o É o Tchan.

Na ocasião, ele recebeu a dançarina Sheila Mello, que foi a “loira do Tchan” por muitos anos, relembrando os velhos tempos com os grandes hits dos anos 90.