A vitória veio ainda na primeira etapa, quando o técnico Abel Braga mandou a campo uma equipe recheada de jogadores considerados reservas. Apesar da evidente falta de ritmo, o Fla soube se impor e se aproveitou de o fato de o rival ter perdido um jogador expulso ainda no início.

O time só volta a entrar em campo no próximo dia 20, quando encara o Bangu em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Carioca. A partida deve ser confirmada para o Maracanã.

Ronaldo brilha

Revelado na base rubro-negra, Ronaldo fez uma partida à altura da expectativa depositada em seu futebol. Com muita visão de jogo e precisão nos passes, o volante foi o principal articulador de jogadas do Fla, em especial pelo lado direito. Uma atuação para animar Abel Braga e o torcedor. Além dele, Rodinei e Jean Lucas tiveram participação de destaque.

Dourado destoa
Alexandre Vidal/Flamengo
Dourado contra o Frankfurt

O camisa 19 rubro-negro não teve boa participação enquanto esteve em campo. Lento e pesado, errou praticamente todos os passes que tentou e ainda tirou a velocidade do time. Em uma das poucas chances da primeira etapa, teve a bola para definir, mas foi facilmente desarmado por Rebic.

Rodagem para o grupo

Ao contrário da partida diante do Ajax, Abel Braga iniciou o jogo contra os alemães com o time considerado reserva. Assim, nomes como César, Rodinei, Trauco, Piris da Motta, Ronaldo, Jean Lucas, Thiago Santos e Vitor Gabriel tiveram a oportunidade de iniciar o duelo. Na etapa final, o treinador lançou os rostos mais conhecidos do torcedor, casos de Diego, Vitinho, Everton Ribeiro, Cuéllar e Willian Arão. Principais reforços até o momento, Gabigol e De Arrascaeta sequer viajaram para os Estados Unidos.

Jean Lucas abre o placar

Com um time sem entrosamento algum e diante de um adversário um tanto quanto preguiçoso, o jogo na etapa inicial foi marcado por muita briga, pegada e bem pouco de bom futebol.

Com mais força pelo lado direito, o Rubro-negro teve nas passagens de Rodinei, Ronaldo e Jean as suas principais jogadas.  O Fla apostou nos contra-ataques, mas faltou capricho na hora da definição das jogadas. Dourado recebeu uma bola sozinho, mas deixou o marcador chegar e desperdiçou a melhor chance carioca até então.

E foi pelo setor mais ofensivo e ajustado que saiu a jogada do gol. Rodinei, que fez uma boa etapa inicial, atravessou a bola para Jean Lucas. De primeira, o jovem pegou de maneira esquisita, a bola pegou um efeito e matou o goleiro Trapp.

Vermelho para o capitão

Em lance dentro da área, o zagueiro Abraham se enroscou com Piris da Motta, acertou o rosto do paraguaio e foi imediatamente expulso pelo juiz Madcid Coric, aos 24 minutos da etapa inicial. Com um a menos, o Eintracht deu  mais espaços e o Fla rondou mais a área alemã e acabou abrindo a contagem e levando a melhor.

Titulares em ação

O técnico Abel manteve apenas César, Rodrigo Caio e Rhodolfo para o segundo tempo. Com oito jogadores descansados e com a vantagem construída, era de se imaginar uma equipe bem mais agressiva em busca de mais gols, mas não foi isso que aconteceu.

Se não foi ameaçado em momento algum pelo adversário, que voltou 100% mexido para a etapa final, os rubro-negros até tiveram espaços na defesa alemã, mas o time parece ter sentido a falta de ritmo e de preparo, e só passou a agredir no terço final da partida.

Aos 31, Vitinho recebeu uma bola à feição para o chute, mas arrematou muito mal e mandou para fora uma grande chance. Minutos depois, Willian Arão também mandou pelos ares a possibilidade de praticamente liquidar o jogo. Renê e Everton Ribeiro também pecaram na hora da conclusão. Apesar dos gols perdidos, o time conseguiu segurar a vitória e deixou o campo do Orlando City festejando a vitória e a conquista do torneio preparatório.

Levantou poeira

Antes de a bola rolar para Fla x Eintracht, o público presente no estádio curtiu um show da brasileira Ivete Sangalo, que cantou alguns de seus sucessos e levantou a galera.

Nação animada

O Flamengo contou com um bom número de torcedores em suas duas partidas da Florida Cup. Antes de a bola rolar, a torcida do Fla fez a festa do lado de fora do estádio do Orlando City. Filho da cantora, Marcelo entrou de mãos dadas em campo com o zagueiro Rhodolfo.

Fla segue nos EUA

Após a participação na Florida Cup, o Flamengo optou por permanecer alguns dias a mais em solo americano antes de retornar ao Rio de Janeiro. De acordo com a programação do departamento de futebol, o Rubro-negro treina até terça-feira nos Estados Unidos. Neste último dia, o time ainda disputará um jogo-treino contra a equipe da Universidade Central da Florida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X EINTRACHT FRANKFURT  

Local: Orlando City Stadium, Orlando (EUA)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro:  Madcid Coric (EUA)
Auxiliares:  Francesco Terranova (EUA) e Anya Vogt (EUA)
Cartões amarelos:  Jean Lucas, Trauco, Rodrigo Caio (FLA); Rode, Russ (EIN)
Cartões vermelhos:  Abraham (EIN)
Gols: Jean Lucas, aos 39 minutos do primeiro tempo

Flamengo
César, Rodinei (Pará), Rhodolfo, Rodrigo Caio e Trauco (Renê); Piris da Motta (Cuéllar), Ronaldo (Willian Arão) e Jean Lucas (Diego); Thiago Santos (Everton Ribeiro), Henrique Dourado (Uribe) e Vitor Gabriel (Vitinho)
Técnico: Abel Braga

Eintracht
Trapp (Zimmermann), Abraham, Hasebe (Salcedo) e Falette (N'Dicka); Rode (Gelson Fernandes), Stendera (Willems), Danny da Costa (Fabián), De Guzmán (Tawatha) e Kostic (Hrgota) (Paciência); Rebic (Russ) e Jovic (Haller)
Técnico: Adi Hütter