O ex-são-paulino Luis Fabiano fez a sua estreia pelo clube chinês
O ex-são-paulino Luis Fabiano fez a sua estreia pelo clube chinês

Nas estreias de Luis Fabiano e Jadson, o Tianjin Quanjin deixou claro que o técnico Vanderlei Luxemburgo terá um trabalho árduo pela frente em sua aventura pela segunda divisão chinesa. Mesmo com suas estrelas em campo, o time comandado por Luxa foi dominado e acabou perdendo por 2 a 1 no jogo-treino contra o XV de Piracicaba, neste sábado, em Atibaia.

 

Esse foi o primeiro compromisso dos asiáticos em sua pré-temporada.

Eles ainda terão pela frente Bragantino, Vitória e Portuguesa.

Para se ter uma ideia da distância financeira que separa os dois clubes, o teto salarial do XV para a temporada 2016 é de R$ 15 mil.

Somente o meia Jadson, ex-Corinthians, receberá, sozinho, R$ 1,2 milhões mensais, sem impostos, em seu contrato de dois anos. Sobra dinheiro do lado dos chineses - ao ponto de se darem ao luxo de 'rasgarem' R$ 4 milhões em minutos, na compra de equipamentos para a sua comissão técnica.

A esperança é de que essa facilidade se converta também em resultado nas quatro linhas.

Não foi o que se viu em seu primeiro teste no Brasil: em confronto com baixíssimo público, o Tianjin Quanjin enfrentou dificuldades por conta da falta de entrosamento, não conseguia trocar passes e viu Luis Fabiano e Jadson ficarem isolados no primeiro tempo. Para piorar, o XV de Piracicaba se adiantou rapidamente no placar e abriu a conta, aos sete minutos, com o atacante Diney aproveitando cruzamento vindo da direita.

 

A dupla formada pelo ex-são-paulino e corintiana não conseguia fugir da marcação.

Eles não voltaram para a etapa final e o Tianjin, surpreendemente, cresceu na partida.

Ainda assim, foi o Nhô Quim que aumentou aos 33 com o veterano Gerson Magrão cobrando falta no ângulo para ampliar.

O zagueiro Zhang Wei descontou em seguida, aos 35, completando escanteio, mas ficou nisso.