Firmino assistiu do banco de reservas ao primeiro tempo de Brasil x Chile, com poucas oportunidades de gols para os dois lados. Até que, no início da segunda etapa, Dunga o pôs em campo. O atacante sabia que não podia desperdiçar a chance de conquistar ainda mais o seu espaço na Seleção Brasileira e lutar por uma vaga na Copa América deste ano.

Foi o que ele fez: aproveitou a oportunidade e marcou o único gol do amistoso. Depois do lançamento de Danilo, Firmino arrancou, driblou o goleiro chileno Claudio Bravo e abriu o placar.

– Atacante gosta de fazer gols. Quando entrei em campo, procurei fazer isso e fui feliz. Agora, tenho que aguardar, ansiosamente, a lista para a Copa América. 

Este foi o segundo gol de Firmino em quatro jogos pela Seleção Brasileira.