Após treinar no período da tarde desta terça-feira, jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira Sub-20 foram ao Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu, para conhecer o gramado do palco do jogo contra o Paraguai. O confronto, válido pela segunda rodada do hexagonal final do Sul-Americano será nesta quinta-feira, 29 de janeiro, às 17h50.

Fato curioso que chamou a atenção da delegação foi a estátua de Carlos Gardel, o mais famoso cantor de tangos argentinos, em uma das tribunas do estádio. A história sobre o local de nascimento de Gardel é controversa: enquanto uma corrente acredita que ele nasceu em Toulouse, na França, outra teoria cita a cidade de Tucuarembóm, no interior do Uruguai. 

A homenagem do Nacional no estádio em que jogará a Seleção Sub-20 nesta quinta-feira existe desde outubro de 2013 e recorda uma partida entre Nacional e Barcelona no ano de 1928, que contou com a presença de Gardel nas arquibancadas.

Brasil e Paraguai abrem a segunda rodada do hexagonal final nesta quinta-feira, 29 de janeiro, às 17h50.