Suas Notícias
ÍNDICE


COLUNISTAS
Jussara Gottlieb
Social
Cândido Ocampo
Auditoria no novo Código
Kátia Alves
Pragas urbanas
Wilson Santos
Trânsito Brasil
Marcelinho
Blog do Marcelinho
Pedro Marinho
Blog do Pedro Marinho
Polícia
Publicada em 19/08/2013 às 20h58
Bandidos fazem "arrastão" na UPA em frente da COE
Ariano Felipe Cruz de Queiroz
O clima de insegurança tomou conta da UPA da zona Sul

Os bandidos não respeitam mais nenhuma autoridade. Prova maior foi o "arrastão" que bandidos fizeram no último final de semana na UPA da zona Sul de Porto Velho. Os marginais levaram celulares, bolsas, relógios, alianças, anéis e tudo mais que pudessem dos pacientes e acompanhantes. Na semana passada, dois "arrastões" foram realizados na unidade de saúde e a situação está ficando insustentável para a população.

Por incrivel que possa parecer, a UPA da zona Sul está instalada na Avenida Jatuarana, em frente ao quartel da Companhia de Operações Policiais da Polícia Militar de Rondônia (COE), e a ousadia dos marginais extrapola a tudo. Sem temer a Polícia Militar, dois marginais fizeram o "limpa" em funcionários, pacientes e acompanhantes. A ação dos marginais deixou a todos perplexos, pois levaram todos objetos de valor que as pessoas tinham em seu poder. Anéis, alianças, cordões, celulares, bolsas e outros objetos foram levados pelos marginais.

Um funcionário afirmou que já foi roubada uma TV da UPA e agora ocorre dois "arrastões" em menos de uma semana e nada foi feito para coibir a ação dos marginais. Os dois vigilantes nada podem fazer contra os bandidos, pois trabalham desarmados e também são vítimas dos marginais. "Só Deus para nos proteger. Nem em um estabelecimento de atendimento médico se tem segurança. Tomei conhecimento que uma senhora chegou à UPA e estava desmaiando, bastou ouvir a palavra "assalto" e a mesma serviu de "remédio", tendo em vista que a paciente saiu em desabalada carreira que ganharia de Usain Bolt em corrida de 100 metros", disse.

Autor e fonte: Antonio Araújo